2 de mai de 2014

Quando tudo começou...

                               olá pandas em formato de humanos,

Bom acho que ninguém entendeu o título certo? E não, não é como começou o blog, ou como começou uma história e tal. Esse assunto vai ser diferente. Algo que eu acho, que ninguém nunca postou. Tipo, o assunto de hoje vai ser misturado com música. Sim aquela música que você fica pulando igual uma pessoa doente, junto com seus amigos.

'' Quando tudo começou ''... Quando tudo começou o que? O que começou? Essa baixaria que tem muito em ruas, e em festas legais. Tipo, sabe aquela mulher que fica rebolando nas festas, beija todos e ainda por cima, piriguete? Pois é, ela era uma menina normal igual as outras. Mais sabe o que fez se transformar em isso? A música.

Tipo, vocês acham que eu estou delirando e pakas. Mais não. Parem para pensar, hoje em dia as músicas são tudo: '' Ah lepo lepo '' e '' Vai no cavalinho '' tipo, vocês acham que esse '' lepo lepo '' significa apenas uma dança? NÃO. Esse '' Lepo Lepo '' são o que eles fazem depois da balada, em um quarto a sós. E esse '' vai no cavalinho '' acha que uma pessoa que vai subir em um cavalo, e cantar? NÃO. E a mesma coisa, do '' Lepo Lepo''.

E isso transforma a mulher, querer fazer outras coisas. E virar essa fama de '' puta '' como diz as meninas da minha escola. E sabe, isso cansa. A mulher fica se prostituindo na rua, e tal. Antigamente não havia nada disso, e se a ver não era coisa normal sabe? Antigamente a mulher se valorizava. Hoje a mulher já se joga para a balada e tal. Sem querer ferir ninguém, mais eu acho que se jogar na balada e ainda por cima pegar homem é ridículo. E ainda fazer outras coisas.

Bom, antes de todas as pessoas que tiver lendo isso. Só quero falar mais uma coisinha: Essa é a minha opinião. Não de você, não dela, e não da mulher que tá fazendo o '' tcheretcheretchere como diz o Gustavo Limma '' Mais apenas a minha. Enfim, é isso.

Good-Bye.


2 comentários:

  1. Nossa, Amanda, dando tapa na cara da sociedade com esse post hein? Kkkk... Mas, honestamente, não sei se concordo com você. Acho que é o contrário: não é a música que influencia, e sim a pessoa. Se alguém é "puta", ela é porque é, e por isso cria músicas sobre isso... Sei lá, não vou tentar mudar tua opinião, mas essa é a minha :)

    Amanda, estou fazendo um sorteio no meu blog e queria pedir para você participar (se você quiser é claro) :3
    http://meu-mundo-hm.blogspot.com.br/2014/05/eufui-3-turne-intrinseca-sorteio.html

    É isso, kisses!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk, rachei na sua primeira frase '' Nossa, Amanda, dando tapa na cara da sociedade com esse post hein? '' ahsuhausa... Ah sim entendi, mais tipo, igual como falei no post essa e a minha opinião :)
      Claro, participo.

      Beijos.

      Excluir

Como sei que vocês devem ter gostado da postagem e veio comentar, eu queria explicar algumas regrinhas para você ;
1. Quer falar mal de alguma coisa do blog? Pode falar.
2. Proibido falar sobre sexo, e palavrão aqui. Se caso falarem, imediatamente irei apagar.
3. Criticas, sugestões e dúvidas são sempre bem-vindas nesse local.
4. PROIBIDO... Comentar sdv ou então: '' Que legal seu post, segue ? '' ou coisa parecida. Se comentar algo assim, imediatamente irei apagar e fingir que nem vi.
Pronto, agora pode comentar a vontade! Mais informações, ou critica/duvida/sugestão em particular, envie um e-mail para: amandaestevam69@hotmail.com

Obrigada pelo seu comentário <3